Modalidade do Ar

No Brasil o Escotismo é praticado em três modalidades diferentes (Básica, do Ar e do Mar), de acordo com o interesse dos jovens e dos voluntários atuantes nas Unidades Escoteiras Locais. A mais conhecida é a Modalidade Básica que  oferece a prática habitual e mais conhecida do Escotismo, enfatizando e desenvolvendo nos jovens o gosto pelo excursionismo, artes mateiras, campismo e montanhismo, viagens, expedições e explorações de regiões desconhecidas, pelo estudo da fauna, da flora, entre outros.

Já para os que têm interesse na ciência aeronáutica há a Modalidade do Ar que realiza atividades com temas voltados para a aviação, procurando desenvolver nos jovens o gosto pelo aeromodelismo, planadores, helicópteros e aviões, aeroportos, aeronavegação, aero propulsão, foguetes espaciais, satélites artificiais, esportes aéreos, estudo da meteorologia, astronomia, engenharia aeronáutica, entre outros.

Os Escoteiros do Ar têm a oportunidade de explorar este universo. Encantador, técnico e poético, inspirador e moderno. Visitar aeroportos e bases aéreas, conversar com pilotos e mecânicos, entrar em aeronaves esportivas, civis e militares. Montar e lançar aeromodelos, plastimodelos e papelmodelos, simuladores de voo. Entender o funcionamento e a operação destas máquinas.

Através de jogos, aventuras e desafios em companhia de seus melhores amigos, o jovem escoteiro do ar vai desvendando passo a passo o incrível domínio dos ares. E os acampamentos, a vida ao ar livre, como todo escoteiro, a vivência sob o domínio da natureza, com suas belezas, encantos, surpresas e dificuldades, e a consciência de que somos apenas uma parte da natureza, que nos cabe preservar.

Organizada no Brasil em 1938 com a fundação do 1º Grupo de Escoteiros do Ar Ricardo Kirk, através do Tenente Coronel Aviador Vasco Alves Secco, do Major Aviador Godofredo Vidal e do Primeiro Sargento Telegrafista Jayme Janeiro Rodrigues.

Reconhecendo a importância dos Escoteiros do Ar na formação dos jovens brasileiros, e a formação de vocações aeronáuticas, o em 1951 o então Ministro da Aeronáutica Brigadeiro Nero Moura – o heroico comandante do 1º Grupo de Aviação de Caça Senta a Púa – editou portaria determinando que todas as unidades da Aeronáutica do Brasil prestem apoio às Tropas de Escoteiros do Ar. Portaria ratificada em 1982 pelo então Ministro da Aeronáutica Délio Jardim de Matos.

Quer saber mais sobre a Modalidade do Ar?
Entre em contato com a Coordenação da Modalidade do Ar dos Escoteiros do Brasil – Região de São Paulo pelo email escoteirosdoar@escoteirossp.org.br.

Eventos da Modalidade do Ar

Encontro Regional da Modalidade do Ar 2020

O Encontro Regional da Modalidade do Ar tem como objetivo promover o intercâmbio e o envolvimento das Unidades Escoteiras da Modalidade do Ar da Região Escoteira de São Paulo, assim como de escotistas e dirigentes de outras Modalidades, ocasião em que são compartilhadas boas práticas, ouvidos os anseios dos associados, é gerado alinhamento institucional e são apresentados os resultados obtidos nas últimas ações da Coordenação Regional da Modalidade do Ar (CMASP).

Leia mais »
Rolar para o topo