mmm


#Aconteceu na Casa do Escoteiro: Conversa Temática – Gênero e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU

22 de novembro de 2016

 

No dia 19 de outubro, na Casa do Escoteiro, aconteceu a Conversa Temática: Gênero e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU. Com a presença de 25 participantes, o Coletivo Feminista Escoteiro facilitou o debate através de Júlia Falcone, do GE São Paulo 1/SP, e Yara Alves Moreira, do GE Tuidara 30/SP. Também foi destaque a presença do ex-membro do Núcleo Regional de Jovens Líderes, Vitor Massao, do Coletivo Entrelinhas, que realizou uma facilitação gráfica do evento.

De início, foi trazida uma notícia da BBC que afirma que o Brasil demorará 95 anos para alcançar a igualdade de gênero. Após pesquisa de uma das facilitadoras, foi apontado que o máximo de representatividade feminina nas instâncias burocráticas dos Escoteiros do Brasil é de 30%. O Movimento Escoteiro é reflexo da sociedade, porém isso não é motivo para aguardar tanto tempo assim para avançar na questão de gênero, pois já tem algumas ferramentas para trabalhar o tema, como seu Programa Educativo. Precisamos falar de gênero sim.

Casos de machismo e de desigualdade foram compartilhados pelos participantes, tanto homens quanto – e principalmente – mulheres. Alguns ocorreram em Unidades Escoteiras Locais, outros com jovens e alguns até mesmo em esferas da instituição. Questionou-se bastante a postura das Chefias das UEL’s, assim como a atitude que deveria ser tomada em níveis Regional e Nacional.

Há jovens levando o debate do tema para suas UEL’s e há poucos espaços já abertos para tal, porém falta capacitação dos escotistas para trabalhá-lo. É importante acolher o jovem e respeitar o adulto voluntário independentemente de sua orientação sexual, cor, credo ou qualquer outra questão, pois o Escotismo é formado pelas diversidades que nos unem.

Um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), é a Igualdade de Gênero, cujos objetivos são: acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas em toda parte e garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública. Você pode conferir mais sobre o compromisso assumido pelo Brasil e outros países até 2030 acessando este link!

A Rede Nacional de Jovens Líderes, para o próximo ano, escolheu trabalhar quatro ODS, sendo um deles a de número cinco: “Igualdade de Gênero”. Em São Paulo, a Rede tem trabalhado a questão, após o Encontrinho, com o Grupo de Trabalho “Diversidades”, desenvolvendo atividades para todos os Ramos sobre diversidades de gênero e de sexualidade.

É intolerável, em 2016, ter chefes de Seção mulheres precisando ter suas atividades aprovadas por chefes homens de outras Seções. É inadmissível os elementos confirmarem com o submonitor as informações dadas pela monitora. Por isso e outras questões, é importante debater gênero nos cursos de formação, encarar os casos de preconceito com maior severidade e, principalmente, respeitar.

O Coletivo Feminista Escoteiro é um grupo de mulheres com vínculo com os Escoteiros do Brasil que busca, através da troca de experiências, avançar na equidade de gênero dentro do Movimento Escoteiro. É uma rede de apoio que se propõe a acolher denúncias de comportamentos machistas e promover a discussão sobre o tema para que o Movimento Escoteiro seja cada vez mais igualitário e inclusivo, livre de preconceitos.

O Núcleo Regional de Jovens Líderes agradece mais uma vez pela parceria desde o Fórum Regional e dá total apoio ao CFE. Também agradece a disposição de Vitor Massao pela facilitação gráfica que, com certeza, fez a diferença e dará respaldo a muitos trabalhos que serão desenvolvidos em breve.

#VemConversar! As Conversas Temáticas acontecem em todo terceiro sábado do mês, na Casa do Escoteiro, e seu modelo pode ser replicado em qualquer Distrito! Sugira temas ou peça orientações através do e-mail jovens.lideres@escoteirossp.org.br. Curta a página da Rede de Jovens Líderes de São Paulo e acompanhe mais de perto o que está sendo realizado!

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens