Delegação paulista reflete espírito de unidade em Goiás

Delegação paulista reflete espírito de unidade em Goiás

4 de maio de 2017

A delegação paulista ao Congresso Escoteiro Nacional dos Escoteiros do Brasil foi representada por 45 jovens e adultos voluntários, que engloba todos os 25 delegados titulares e seus respectivos suplentes, a Diretoria Regional, delegados ao Fórum Nacional de Jovens Líderes e observadores, entre 21 e 23 de abril de 2017, em Goiânia, Goiás. O evento também congrega a Assembleia Nacional anual da instituição e o Fórum Nacional de Jovens Líderes.

Os candidatos paulistas foram eleitos ao CAN (Conselho de Administração Nacional) como membro titular, o professor universitário Adriano Chaves, atual Diretor do Núcleo Regional de Estudos Escoteiros e Colaborador da Equipe Nacional de Programa Educativo e Gestão de Adultos nos ramos Escoteiro, Sênior e linha Dirigente; e à Comissão de Ética e Disciplina Nacional, como membro titular, o advogado Felipe de Paulo, hoje Assessor Jurídico Regional da área cível.

No Fórum Nacional de Jovens Líderes, foram eleitos como Facilitadora Social, a jovem Nathalia Lourenço (membro da ERIC – Equipe Regional de Imagem e Comunicação), e como Facilitador de Métodos Educativos do Núcleo Nacional de Jovens Líderes, o empresário Daniel Guarnieri.

São Paulo marcou presença na primeira reunião da nova Comissão Estatuinte Nacional, representados por Renato Silva e Jabs Costa, além dos conselheiros nacionais Adriano Chaves, recém-eleito, e José Inácio de Oliveira, cuja gestão se inciou em 2015.

Premiações e reconhecimentos

A Região de São Paulo conquistou novamente o Certificado de Qualidade Legal; a Rede de Jovens Líderes de São Paulo garantiu o título de Rede Padrão Ouro, além dos Prêmios Aurélio Azevedo Marques Grau Ouro na Categoria B para o Grupo Escoteiro do Ar Professor Verdussen-CTA (180/SP) e Grau Bronze na Categoria C para o Grupo Escoteiro Cruz Azul de Campinas(92/SP), ambos do interior paulista.
O ex-diretor presidente da Região Escoteira de São Paulo (gestão 1998 a 2000), Renato Silva, recebeu a Comenda Lobo-Guará durante o Congresso, além de ter sido escolhido para presidente da mesa diretora da Reunião Ordinária da Assembleia Escoteira Nacional.

Espírito de união

Pela primeira vez, a delegação paulista usou o lenço nacional com o objetivo de reforçar a unidade dos Escoteiros do Brasil, deixando de lado a versão regional das cores paulistas. Tal atitude causou impacto positivo, propagando o espírito agregador e colaborativo. A postura será mantida e a Região Escoteira de São Paulo espera extinguir nos próximos anos o uso do lenço branco, vermelho e preto.

O espírito de unidade norteou a participação da delegação paulista durante os três dias de evento. A delegação paulista, composta de representantes de 15 cidades e pessoas entre 19 e 71 anos, foi coordenada por Rudner Lauterjung e Erik Bueno. Ambos foram escolhidos pelos próprios delegados e nomeados pela Diretoria Regional. O espírito de união em nível nacional, representado pelo uso do lenço nacional, foi motivo de comentário do Presidente da Diretoria Executiva Nacional (DEN), Alessandro Vieira, que no encerramento do evento destacou essa postura.

 Delegação paulista reflete espírito de unidade em Goiás

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens