Escotistas inovam durante a quarentena

Em período de quarentena, a internet está sendo uma ferramenta essencial para as pessoas, inclusive para o Movimento Escoteiro, que não parou e continua fazendo atividades online. Escotistas estão se esforçando para criar programações cada vez mais criativas e chamativas com o intuito de que mesmo de longe e em casa os jovens ainda possam experienciar o Escotismo.

O escotista Flávio da Silva,  da tropa escoteira do Grupo Escoteiro Guaianazes 68/SP, teve a ideia de fazer um Acampamento Virtual no dia 25 de abril com os jovens, por meio do jogo Minecraft e durou duas horas, o que deu mais ou menos dois dias no tempo do jogo. Ele conta: “Começou com a ideia de montar uma atividade com um jogo que eles gostam”. 

O Acampamento Virtual foi uma coisa nova para todos, inclusive para a maioria dos escotistas que participaram foi o primeiro contato com o jogo, por isso eles fizeram uma aula com o Flávio antes de aplicarem a atividade. Trabalhar com internet pode ser mais complicado, por conta das inconstâncias de rede e alguns dos jovens não conseguirem logar no jogo, apesar disso, foram 13 jovens participando e uma oportunidade de fazer algo familiar a eles com seus irmãos escoteiros, dentro de casa.

Outro exemplo de atividade organizada com a criatividade de escotistas foi o Encontro de Monitores Online do 25° Distrito Escoteiro Bauru. A programação contou com Fogo de Conselho Online, uma live com o canal SAPS, abertura e oito atividades, ainda contando com horário das refeições. 

O encontro contou com a participação de 47 jovens e 26 escotistas e a ferramenta base foi o Instagram, no qual os jovens criaram uma conta para sua patrulha e postaram as atividades ali. Através do monitor, a patrulha era informada sobre a atividade e o que cada uma tinha que fazer, estimulando a liderança.

Muitos escotistas estão tendo que se reinventar e saber um pouco mais sobre novas ferramentas tecnológicas para poder acompanhar as atividades junto com os jovens e criar novas ferramentas de apoio para as atividades online. Pensando no futuro, é um grande aprendizado sobre como os jovens interagem e como podemos chegar até eles de uma forma mais efetiva.

Rolar para o topo