Simulado de Catástrofe na linha 4 amarela

17 de maio de 2016

 

Após meses de preparo, aconteceu na manhã de 7 de maio de 2016, o II Simulado de Resposta à Catástrofe promovido pelo Hospital Israelita Albert Einstein, que contou com a participação de palestrantes nacionais e internacionais e especialistas.

O Simulado ocorreu na Estação Butantã do Metrô, gerenciada pela Via Quatro, que em parceria com as outras instituições, disponibilizou uma plataforma da estação e um trem durante 2 horas, sendo cenário para a cena de explosão, provocada por um ataque terrorista.

Este exercício teve como finalidade treinar as forças para uma situação possível de ataque, e exercitar como seria nossa resposta e, sobretudo, como trabalhar em equipe. Estavam presentes, além da equipe do Hospital Albert Einstein e da Via Quatro, outras forças, tais como SAMU, Bombeiros, Canil da Guarda Civil, Policia Militar, além de forças de ação voluntária: Defesa Civil, Cruz Vermelha, ADRA e, claro, os Escoteiros do Brasil.

Os escoteiros estavam à disposição e comando da Defesa Civil do Município de São Paulo, sobretudo no apoio às vítimas e famílias, identificação e controle de saída das ambulâncias, orientação e apoio logístico de suporte às forças.

Alguns escoteiros também estiveram no papel de vítimas e puderam presenciar bem de perto o momento da explosão e a chegada do Grupo Especial Reação (GER), Canil, Defesa Civil e Bombeiros, em uma atividade de aprendizado e fortes emoções.

Confira as fotos aqui.

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens