70 anos da Região Escoteira de São Paulo

Após a consolidação da unificação nacional do Escotismo brasileiro, foi realizada em 14 de outubro de 1950 a primeira reunião do Conselho da Região Escoteira de São Paulo com a junção da Federação Paulista de Escoteiros e da Comissão Regional de Escoteiros do Mar de São Paulo, criando assim a Região Escoteira de São Paulo.

Dentre as inúmeras conquistas, se destaca a consolidação dos Distritos Escoteiros em 1952, o ingresso e a participação de paulistas nas equipes nacionais de programa e formação, a organização e realização da primeira atividade internacional do Brasil, com o Acampamento Internacional de Patrulhas em 1954, a inauguração do busto de Baden-Powell na Praça da República (São Paulo/SP) e a visita de Lady B-P em 1959, os acampamentos demonstrativos no Parque do Ibirapuera na década de 1960, a permuta e instalação do Centro Escoteiro Jaraguá, também na capital paulista.

A Região Escoteira de São Paulo foi responsável também por inúmeras atividades de grande porte, como Ajuri Nacional em 1985, Acampamentos Regionais de Patrulha, Acampamento Internacional de Patrulhas em 1994 e, mais recentemente, o Jamboree Nacional Escoteiro em 2018; além de sediar importantes reuniões nacionais e de realizar cursos de formação para todas as Regiões Escoteiras do Brasil. Também cabe destaque a presença de paulistas nos grandes eventos nacionais e internacionais.

Ocupando diversas sedes regionais, desde 2009 o Escritório Regional e a Loja Escoteira atendem os mais de 29 mil associados (2019) no centro da cidade de São Paulo. Hoje, a Região Escoteira paulista está dividida operacionalmente em 36 Distritos Escoteiros e conta com mais de 500 voluntários e 16 profissionais que se dedicam a manter acesa a chama do Escotismo em todo o Estado de São Paulo.

Rolar para o topo