Centro Escoteiro Jaraguá recebe Seminário Preparatório de Formadores

12 de junho de 2018

No último fim de semana, nos dias 9 e 10 de junho, uma nova leva de escotistas e dirigentes começou a ter contato com as técnicas necessárias para exercerem a função de ajudar a preparar outros voluntários dentro do Escotismo. Durante o Seminário Preparatório de Formadores, realizado no Centro Escoteiro Jaraguá, puderam aprender sobre o papel do formador e a condução de unidades didáticas.

O Seminário foi dirigido em conjunto por dois Diretores de Curso da Insígnia de Madeira (DCIMs): Ronaldo Engracia e Marcos Ramacciato (Kiko) – este também gerente de Gestão de Adultos do Escritório Nacional. Segundo Marcos, a utilização de técnicas de andragogia (a ciência de ensinar adultos) permitiu que o processo educacional se desse de forma horizontal: “Muito mais do que escutar, cada um dos cursantes pôde contribuir ativamente na construção do seu aprendizado e dos demais”, explicou ele.

Segundo Aparecido Duarte, analista de Gestão de Adultos do Escritório Regional, o objetivo do Seminário foi “mostrar aos cursantes a importância e a responsabilidade de ser um formador e estar sempre se atualizando, buscando conhecer além do seu domínio”.

Foram 39 participantes de várias cidades do estado, indicados por seus distritos. “Todos mostraram muito interesse nos temas tratados, percebendo a importância da gestão de adultos para o cumprimento da missão do Movimento Escoteiro”, disse Marcos.

“Quando minha assessora pessoal de formação me disse que o Seminário seria uma experiência totalmente diferente dos cursos da linha de formação de escotista, eu não entendi muito bem”, disse Hugo Pires, chefe de seção do Ramo Lobinho no GE Araraquara José Luiz Torquato 21/SP (26º Distrito Escoteiro). E comentou sobre novas perspectivas que o curso lhe trouxe: “Agora não trataremos apenas com jovens, mas principalmente com os adultos que aplicam o programa, é aí que a responsabilidade duplica”.

Aos 26 anos, Hugo foi um dos cursantes mais novos, algo que considerou positivo pela troca de ideias e conhecimentos entre gerações diferentes. Para ele, o destaque do curso foi a ênfase na relação de cooperação e humildade que deve existir entre formadores e cursantes. “Trabalhamos esse tema através de fábulas e algumas discussões muito produtivas, e inclusive emocionantes”, afirmou.

O Seminário Preparatório de Formadores é uma prática adotada pela Região de São Paulo com o objetivo de oferecer mais informações e ferramentas para que os escotistas e dirigentes participem do Curso de Formadores Nível 1, realizado pelo nível nacional dos Escoteiros do Brasil.

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens