Meu Grupo em Ação! GE do Ar Albino Bueno de Camargo 261/SP

6 de julho de 2016

 

“No dia do meu aniversário (10.05.2016), pedi de presente para meus pais um jantar, e eles me levaram no restaurante que mais gosto, no caminho de volta para casa passamos pela Catedral e no chão de uma agência bancaria tinham vários moradores de rua… estava muito frio e senti no coração que deveria fazer algo…”
Foi assim que a escoteira Maria Eduarda Rolim Spiazzi, em seu aniversário de 13 anos, começou a contar como teve a inspiração que gerou a arrecadação de 287 peças de roupas e 39 pares de sapatos, que foram doados a pessoas desabrigadas, decorrente da forte chuva que atingiu a cidade de São Roque mês passado.
Quando “Duda”, forma carinhosa que é chamada pelos amigos, falou para os pais sobre a ideia de ajudar as pessoas necessitadas que passavam frio nas ruas, recebeu o apoio imediato de ambos. “Me senti muito satisfeito em poder participar desse momento de solidariedade, e muito feliz em saber que minha filha teve essa iniciativa em ajudar o próximo” disse o pai da jovem, Edson Tadeu Spiazzi (54).
A princípio não sabia como faria a arrecadação, nem como faria a entrega dos donativos, tão pouco quem ajudaria, mas começou a campanha falando para os parentes, depois compartilhou seu anseio com os amigos da Tropa Escoteira Cupim Patriótico e contou com o apoio também dos alunos do Centro de Educação Pré-Militar – CEPM do qual participa. Conseguiu sensibilizar a todos com sua disposição e alegria.
Quando a arrecadação atingiu um montante considerável chegou o momento de escolher para quem seriam destinadas as doações, a escolha veio pelo noticiário no dia 15 de março, onde o estado de emergência havia sido decretado na cidade de São Roque devido aos grandes estragos ocorridos e 14 famílias desabrigadas. A entrega foi feita no último domingo 26 na central de donativos que foi montada na cidade, sob os olhos atentos da mãe, Luciana Rolim (45) que emocionada falou: “estamos muitos orgulhosos pela iniciativa que teve e agradecemos imensamente a todos que colaboraram com esse gesto de amor”.
“O Escoteiro está sempre alerta para ajudar o próximo e pratica diariamente uma boa ação. ”

Maria Eduarda é membro juvenil desde seus 8 anos de idade do Grupo Escoteiro do Ar Albino Bueno de Camargo – 261 da Cidade de Sorocaba.

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens