mmm


Alcateia Samurai visita biblioteca em Araçatuba

11 de junho de 2019

A seção autônoma Alcateia Samurai visitou, no dia 25 de maio de 2019 a Biblioteca Rubens do Amaral em Araçatuba. Os lobinhos participaram de uma viagem pelo conhecimento começando pelo acervo de livros apresentado pela bibliotecária Renata Ribeiro. Os jovens também conheceram o espaço Kids, uma biblioteca especialmente criada para o público infantil.

Os lobinhos tiveram a oportunidade de visitar o acervo histórico da biblioteca onde se encontram jornais e revistas com mais de 70 anos de existência como o A COMARCA. Tiveram orientações sobre como utilizar o acervo da Biblioteca, cadastro e acesso via internet.

O coordenador do Projeto FACES Históricas Amauri Zanforlin falou sobre a iniciativa, que procura levantar em acervos institucionais ou pessoais, as imagens de personalidades da história local, regional e internacional, perenizando e divulando a memória e a história das personalidades que contribuíram para a historiografia nacional e internacional. Amauri mostrou como exemplo a Face Histórica do Padre Angelo Rudello – Fundador do Grupo Escoteiro Dom Bosco – 206/SP

Angelo Rudello ingressou no Escotismo aos 11 anos na Itália. No Brasil, integrou o Movimento da década de 70 até seu falecimento em 2010. Foi condecorado com o Tapir de Prata – grau mais elevado conquistado por membro do Escotismo no Brasil. Pioneiro na coeducação no Escotismo brasileiro, Angelo foi um dos apoiadores da inserção de meninas no Movimento.

No jardim da biblioteca, que fica em uma grande área no centro de Araçatuba, há uma estátua – réplica do escultor Luciano Rossi – que representa a Vitória de Samotrácia, também conhecida como Nice de Samotrácia. A Akelá deu uma aula de história sobre o tema aos lobinhos. A obra é uma escultura que representa a deusa grega Nice (em grego Νίκη, Níkē ou Niké – “Vitória”), cujos pedaços foram descobertos em 1863 nas ruínas do Santuário dos grandes deuses de Samotrácia.

Mantida pela prefeitura, a Biblioteca Rubens do Amaral está realizando uma campanha de arrecadação de livros para reforçar seu acervo e também para o abastecimento dos pontos de leitura e instituições da cidade. São aceitas doações de todos os tipos de livros, desde infantis, romances, autoajuda, religiosos, didáticos e enciclopédias. Os lobinhos da Alcateia Samurai doaram cerca de 40 exemplares que passam a fazer parte do acervo municipal.

 

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens