Caires é nomeado Diretor Regional de Métodos Educativos

4 de maio de 2018

Conforme o Planejamento Estratégico 2016-2021 dos Escoteiros do Brasil (disponível em: http://www.escoteiros.org.br/wp-content/uploads/2016/04/Planejamento-Estrategico-2016-2021.pdf), em sua pág. 9: “A área de Métodos Educativos contempla uma questão da maior importância para o Movimento Escoteiro: a criação de instrumentos que possam assegurar que os beneficiários do Escotismo vivenciem os valores do Movimento Escoteiro, orientados por adultos capacitados e motivados”.

 

Tendo isso em vista e alinhando-se às diretrizes da Organização Mundial do Movimento Escoteiro e à estrutura organizacional atual dos Escoteiros do Brasil, o Núcleo Gestor da Diretoria Regional resolveu, no último dia 28 de abril, nomear Rodrigo de Paula Caires como Diretor Regional de Métodos Educativos, para o qual deverão se reportar a partir de agora as Diretorias Regionais de Programa Educativo e de Gestão de Adultos já existentes, objetivando, num trabalho conjunto, promover a correta aplicação do Programa Educativo e do Método Escoteiro em nossa Região, sustentada pela formação adequada de nossos escotistas e dirigentes.

 

Neste momento, Caires acumulará o seu novo cargo nomeado com o seu cargo eleito (Gestão 2016-2019) de Diretor Regional de Relações Institucionais. Todavia, conta com o apoio  de um Diretor Regional Adjunto na área de Relações Institucionais: Artur Berberian, nomeado em 17 de abril deste ano.

 

De acordo o descritivo de cargos e funções do nível Regional (disponível em: http://www.escoteiros.org.br/wp-content/uploads/2018/04/DESCRITIVO-DE-CARGOS-REGIONAL-FINAL.pdf) , a nova Diretoria Regional de Métodos Educativos terá, dentre suas atribuições e responsabilidades:

 

1. Auxiliar na administração do Movimento Escoteiro no zelo pelo fiel cumprimento do Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil, do P.O.R. e Regras e Regulamentos da UEB.

2. Orientar e supervisionar o planejamento e execução de eventos técnicos, atividades regionais de Programa Educativo e Formação de Adultos.

3. Promover as facilidades necessárias e coordenar as reuniões de com os coordenardores de Ramo e Equipe Regional de Gestão de Adultos.

4. Auxiliar na produção do calendário anual regional, conforme o previsto no Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil.

5. Zelar pela boa aplicação das Diretrizes Nacionais para Gestão de Adultos e Política Nacional de Programa Educativo em Nível Regional.

6. Auxiliar na fiscalização e orientação da prática do Escotismo em sua Região que atua.

O Núcleo Gestor da Diretoria Regional deseja ao Caires sucesso em sua nova empreitada!

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens