Como foi: Congresso Regional Escoteiro 2022

Nos dias 24 e 25 de setembro, a Região Escoteira de São Paulo promoveu o Congresso Regional Escoteiro, no Campus do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos, com o tema “De volta à nossa natureza”.

O Congresso Regional Escoteiro (CRE)

O CRE contou com 143 participantes, entre escotistas e dirigentes. A programação de sábado iniciou-se com a Mesa Redonda que levou o tema “De Volta a Nossa Natureza”, com a participação do Psicólogo e Escoteiro Rodrigo Prando, o escoteiro e ex-No Limite Pedro Castro, com mediação da voluntária Vânia Dohme.

Durante todo o final de semana, aconteceram 10 oficinas com falas de especialistas e de chefes escoteiros que trouxeram uma visão prática dos temas trabalhados e apresentados nas palestras dos especialistas, como a Profa. A Dra. Conceição Barbosa na oficina Método Escoteiro  Criatividade, Lucas L. Lemolino na oficina Jovens e Adultos Competências , Ariane Serafim no oficina Envolvimento com a Comunidade entre outros nomes.

Ester Kirchhof, mestre pioneira do Grupo Escoteiro Professor Verdussen CTA 180/SP, de São José dos Campos, sai de todo congresso com a mesma sensação: querer plantar uma sementinha ou ir atrás de mudanças no grupo. “O congresso deste ano foi muito simbólico para mim: rever amigos, debater assuntos importantes com especialistas na área e ver a sustentabilidade em decisões da Rede (papel semente e copo de fibra de bambu).” conta.
A mestre pioneira se diz muito feliz em voltar ao calor humano de pessoas que lutam na formação de pessoas que façam a diferença no mundo.


No sábado à noite aconteceu a cerimônia de entrega do Prêmio Walter Dohme, e o lançamento do Prêmio Aldo Chioratto que a partir de 2023 irá premiar os projetos de maior destaque e relevância desenvolvidos por jovens do movimento escoteiro, para conquista de suas insígnias de interesse especial. Fiquem atentos para o lançamento do Boletim e para inscrição dos projetos no Prêmio!

E para fechar a noite de sábado, aconteceu a Reunião de Gilwell, organizada pelo chefe Carlos Eugênio Bakos e pelo chefe Luiz Carlos Gabriel, onde os participantes puderam cantar canções tradicionais, ouvir grandes histórias e receber os novos membros do 1º Grupo de Gilwell.

No domingo aconteceram mais 3 oficinas. Com o tema  “De volta a Nossa natureza” foi enfatizado a utilização do método escoteiro e a utilização do programa, e focados no retorno ao estilo de vida praticado por todos aqueles que compreendem a verdadeira essência do escotismo.

Para Vania Dohme,  o CRE desse ano foi brilhante, “procuramos usar o tema nacional De volta à nossa natureza, dentro das palestras de abertura e oficinais, fazendo um paralelo entre a natureza escoteira e a volta a natureza de toda a comunidade, após dois anos afastados, a pandemia trouxe muitas reflexões e redefiniu valores”.

Prêmio Walter Dohme

Em sua sétima edição no ano de 2022, o prêmio visa reconhecer os adultos voluntários atuantes em Unidades Escoteiras Locais – UELs (Grupos Escoteiros/Seções Autônomas) da Região Escoteira de São Paulo que contribuem de forma exemplar e efetiva para a correta aplicação do Programa Educativo e do Método Escoteiro, bem como para uma melhor Gestão Institucional, no cumprimento da missão do Movimento Escoteiro de educar crianças, adolescentes e jovens para a vida e na construção de um Mundo Melhor.
Conheça os contemplados em cada categoria:

Gestão Administrativa: Denise Nobre de Freitas

Escotista Ramo Lobinho: Douglas Gonçalves

Escotista Ramo Escoteiro: José Bernardo Direito Netto

Escotista Ramo Sênior: Elizabeth Aparecida Muniz Laurindo

Escotista Ramo Pioneiro: sem vencedor

Mundo Melhor: Juliana de Souza Montorio

Gestão Inovadora de UEL e Seção: André Ricardo da Silva


Fotos de: Francisco Lima e Pedro Trancho

Rolar para o topo