Congresso Regional Escoteiro promove troca de conhecimentos

23 de agosto de 2018

No último fim de semana (18 e 19 de agosto) foi realizado o Congresso Regional Escoteiro (CRE) 2018, sob o mote “Educação para a Vida”. No segundo ano em que o evento acontece separadamente da Assembleia Regional Escoteira, o objetivo foi consolidá-lo como um momento de trocas de experiências e aprofundamento nos debates relativos ao Movimento Escoteiro, especialmente na área de Métodos Educativos.

Cerca de 500 participantes estiveram na Universidade Federal de São Carlos – Ufscar (São Carlos – SP), que recebeu o Congresso.  Dentro da programação foram inseridos a cerimônia de entrega do Prêmio Walter Dohme e, pela primeira vez, o Congresso Regional Pioneiro (CRP) e uma Reunião Extraordinária da Assembleia Regional Pioneira (ARP).

No início do evento a Diretoria Regional apresentou o status da Carta Compromisso da Congresso Regional Escoteiro 2017.  Já o segundo dia, domingo, foi marcado por oficinas de Modalidades, Radioescotismo, Mensageiros da Paz, Rede Nacional de Jovens Líderes, Saúde, Política Nacional de Programa Educativo e reuniões de coordenações distritais de ramos, gestão de adultos, comunicação etc, além de contar com a reunião do Conselho Consultivo Regional, composto pelos comissários distritais.

Na ocasião os comissários foram atualizados sobre resultados da pesquisa de evasão 2017 por Distrito Escoteiro, Padrão de visitas dos Comissários Distritais às Unidades Escoteiras Locais, e Encontros/Diálogos itinerantes de Programa Educativo 2018.

Foto: Francisco Lima

As cinco tendências da sociedade  

Esta edição do Congresso Regional Escoteiro não teve uma palestra magna como em anos anteriores, e sim um painel de abertura. O tema escolhido foram as cinco tendências da sociedade identificadas durante o 2º Congresso Mundial de Educação Escoteira em Kandersteg, na Suíça em 2017, como relevantes para o Escotismo. Baixe o material apresentado por Bia Reali, diretora regional de Programa Educativo. 

Foram convidados especialistas, alguns escoteiros e outros não, para falar no painel. Cada um foi responsável por aprofundar uma das tendências: Recursos da educação não formal pela educação formal (com um vídeo sobre educomunicação); Mudanças demográficas e Envelhecimento da População; Mobilidade e Urbanização; Mundo Virtual e Nativos Digitais e Globalização e Cultura Global Emergente

Foto: Pedro Campos

Segundo Bia Reali, diretora regional de Programa Educativo, a aproximação com especialistas e acadêmicos dos temas ajuda a promover informações e conhecimentos e  indicar caminhos para novas ações. Além disso, legitima ainda mais o Movimento Escoteiro, seu propósito e seus valores: “Essa abertura e conexão com a sociedade deve vir ‘em trânsito de mão dupla’:  ampliamos nosso foco, observamos e absorvemos saberes e ações de diversos setores e oferecemos e compartilhamos os nossos saberes e ações”, disse ela.

Depois do painel, os congressistas se dividiram pela tarde em salas que debatiam as tendências. A sessão de oficinas também foi  seguido por um momento de apresentação de boas práticas de projetos regionais e locais em temas diversos, dentre eles Educomunicação, Estudos Escoteiros, Crescimento e Expansão, Captação de Recursos, o protagonismo do jovem do processo de tomada de decisão, aproximação da comunidade do entorno da UEL, etc.

Jovens protagonizam organização do Congresso Regional Pioneiro

Foto: Jefferson Tomé

Toda a programação relativa ao Ramo Pioneiro teve participação ativa da Comissão Pioneira Regional durante as fases de planejamento e execução. Após os pioneiros participarem do painel de abertura pela manhã, momento comum a todos os presentes, no período da tarde foram participar de oficinas também relacionadas às tendências, em sua maioria aplicadas por jovens (pioneiros e/ou jovens líderes) e, em alguns casos, por convidados externos, como a ONG TETO.

O pioneiro Arthur Azevedo contou que foi o primeiro Congresso Regional Pioneiro do qual participou. Todos os integrantes de seu clã (Monte Badon – GE Acácia 388/SP), de São Paulo – capital, foram ao evento. Para ele, o destaque foram as oficinas. Ele aprendeu, por exemplo, sobre o lado espiritual da yoga como um estilo de vida. E outros temas tratados já despertaram em seu clã a vontade de aprender mais: “Estamos planejando visitar a casa sustentável da Associação Veracidade em São Carlos”.

Foto: Pedro Campos

Na Reunião Extraordinária da Assembleia Regional Pioneira foi eleita a cidade-sede da Assembleia Regional Pioneira 2019, que deverá ocorrer em fevereiro. O clã Jorge da Capadócia, de São José dos Campos, foi o único que se candidatou para receber o evento.

Também foi definido que ocorrerá um novo evento pioneiro em 2019, previsto para abril. Sem a rigidez dos formatos de eventos pioneiros já existentes (como Interclãs e Mutirão Pioneiro), pretende-se realizar um acampamento pioneiro que misture as práticas já existentes, possibilitando integração entre clãs e interação com a comunidade em um único momento. A ideia é que o projeto seja realizado em uma comunidade com crianças carentes na cidade de Araraquara, organizado pelos pioneiros do 26º Distrito Escoteiro.

Repórteres Jovens

No sábado, oito jovens dos ramos Escoteiro e Sênior do GE Araraquara 21/SP fizeram um workshop de educomunicação: com algumas conversas com dicas de cobertura e muita mão na massa, foram os jornalistas do evento. Divididos em equipes, tornaram-se Repórteres Jovens: planejaram, filmaram, entrevistaram e postaram sobre o evento pela visão jovem no Instagram regional (@escoteirossp). Eles foram orientados por voluntários da Equipe Regional de Imagem e Comunicação (ERIC).

Prêmio Walter Dohme 2018

Foto: Pedro Campos

Conheça os vencedores:

Escotista Ramo Lobinho:

Sabrina Isis Thies Penayo  – Grupo Escoteiro Tocantins 112/SP

Escotista Ramo Escoteiro:

Luciane Yoshie Ueno – Grupo Escoteiro Hongwanji 67/SP

Escotista Ramo Sênior:

Não houve vencedor nesta categoria

Escotista Ramo Pioneiro:

Jose Bernardo Direito Netto – Grupo Escoteiro Lobo-Guará 331/SP

Dirigente:

Maria Inês Guedes Teixeira – Grupo Escoteiro Tocantins 112/SP

Instituição Parceira:

Igreja Batista Memorial de São Paulo (indicada pelo Grupo Escoteiro Memorial 350/SP)

Confira todas as fotos no Facebook!

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens