Escoteiros se aproximam da comunidade no Dia Regional de Ação Comunitária Pioneira (DRACoPio)

29 de outubro de 2018

Entre 4 de agosto e 15 de setembro, jovens do Ramo Pioneiro (escoteiros entre 18 e 21 anos) promoveram atividades de impacto social durante o Dia Regional de Ação Comunitária Pioneira (DRACoPio). A proposta é descentralizada. Ou seja: a partir do tema sugerido para 2018 – “Voluntariado e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” – as unidades escoteiras do estado paulista se organizaram para realizar a atividade localmente.

Os projetos executados são idealizados e organizados pelos próprios pioneiros. Na edição deste ano, os resultados foram variados. Por exemplo: construção de horta vertical e composteira em conjunto com alunos de uma escola estadual; conscientização da comunidade sobre coleta de óleo usado; e arrecadação de alimentos, produtos de higiene e roupas para o Recanto dos Idosos Nossa Senhora do Rosário (Santo André – SP), entre outros.

Houve ainda uma visita a uma aldeia indígena que proporcionou reparos estruturais e cuidado aos animais do local.

Maria Cecília Gatti, presidente da Comissão Pioneira Regional, explicou a importância do DRACoPio: “Traz a ênfase do Ramo e traz muito do programa educativo na parte de fazer o pioneiro ser consciente do seu lugar na comunidade e realmente se envolver”. Segundo ela, o foco principal da atividade é colocar o “servir”, lema dos pioneiros, em evidência.

Ao todo, 130 pioneiros e 12 escotistas se mobilizaram, envolvendo 21 grupos e 9 distritos escoteiros. As unidades escoteiras que realizaram a atividade podem adquirir o distintivo por meio do site Meu Kit.

Compartilhe
Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens